sexta-feira, 5 de julho de 2013

Credo da Nova Ordem

Pode-se rezar este novo Credo escrito segundo a nova religião do Vaticano II se se quiser adorar a Besta:
“Cremos em um só Deus, o mesmo dos protestantes, judeus, feiticeiros, pagãos etc, Pai/Mãe Todo(a)-Poderoso(a), que pode ter criado o céu e a terra, mas temos outras opções, também cremos na evolução porque os ateístas nos disseram para crer. O mesmo Deus que declaramos nos anos 60 ser um sexista em nossas antigas bíblias. Cremos, quando nos convém, que Ele tem um Filho que pode ter tido irmãos, e que nasceu da Virgem Maria, mas deixamos nossas opiniões em aberto nisso também, por causa de nossos irmãos separados que estão unidos à nossa nova Igreja desde o Vaticano II. Mas cremos que Ele definitivamente se fez homem, assim como nós. Sofreu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morreu e foi sepultado, mas damos às crianças as opções em seus livros-textos escolares de que Seus apóstolos podem ter roubado Seu corpo e Ele pode não ter ressuscitado dos mortos.
Cremos no Espírito Santo que guia os protestantes e muitas outras igrejas em nossa Igreja do Vaticano II, liberal, dialogante, ecumênica e colegiada, na comunhão dos santos que João Paulo II fez sem os devidos milagres, nos mártires não-católicos declarados desde o Vaticano II, no perdão dos pecados sem um padre propriamente ordenado, na ressurreição dos corpos, mas desde o Vaticano II podemos ser cremados, e na vida no céu para todo mundo, sem nenhuma alma condenada ao inferno. Amém.”